terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

A origem do espírito erróneo da humanidade

Há muito, muito tempo atrás, num planeta hoje intitulado de Terra, Elohim Deus, "O Grande Arquitecto", criou dois seres ( Adão e Eva) duma mesma espécie, que se completavam nas diferenças. Dotou-os da capacidade intelectual e cognitiva que lhe dava a supremacia sobe a face da Terra e sob toda a criatura que o rodeava. Estes haveriam de mudar a face do planeta, com o decorrer do tempo, de geração em geração. A humanidade nasce num acto de amor do Criador, numa acção harmónica. Uma "obra-prima" da criação acabava de nascer. Deus a amara tanto que lhe deu um paraíso para que ela o dominasse e florescesse em paz, harmonia, equilíbrio e amor. Uma única coisa lhe foi pedida, que não tocasse e tão pouco comece de um fruto. O que se passa a seguir, todos nós sabemos, a real natureza da humanidade viria a revelar-se. Uma natureza influenciável e erróneo.
Assim teve origem o pecado que afastou a humanidade do seu criador.

To be continued ...

Sem comentários:

Enviar um comentário