terça-feira, 26 de outubro de 2010

Tu és Jesus



Tu és Jesus o Messias de YHWH; A minha Salvação, o meu Rei e Senhor, a beleza e força que me conquistou! Tão grato estou por teres me escolhido e dado a Tua Salvação. HalleluYAH!!!

domingo, 6 de junho de 2010

YHWH parte 1

YHWH O Nome sobre todo o Nome ao qual adoramos e regemos a nossa vida. Este é o Nome do Eterno. O Nome que o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo deu ao Seu Filho amado, toda a autoridade e poder do Nome de YHWH está em Jesus. YHWH é igualmente o Nome do Nosso Salvador e Senhor, pois este é o Nome da Sua pré-existência humana. YHWH o Deus que se revela como Pai, Filho e Espírito Santo. O Deus que amou o mundo de tal maneira que deu o Seu único Filho para Salvação da humanidade. Para que todo aquele que nele creia, tenha vida e vida em abundância. Que possamos aceitar ao Filho do Altíssimo e caminhar com ele todos os dias das nossas vidas, pois só assim chegaremos à promessa que o SENHOR Deus faz por Yeshua a Salvação da humanidade.

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Kléber Lucas - Santidade




Santidade! Uma palavra que nos dias que correm soa a algo estranho, inalcançável e de grande insensatez vivencial, numa realidade imediata de consumo rápido e bem estar aparente. No entanto, as Sagradas Escrituras, dizem-nos que é algo só alcançável e desejado por alguns, aqueles que querem e sentem necessidade de conhecer ao Criador, ao Grande Arquitecto, Ao Eterno e Soberano, ao nosso Deus e Pai. Nem toda a gente sente essa necessidade, logo nem todos são considerados filhos de Deus, só os escolhidos do Senhor. Só aqueles, que para eles a palavra santidade faz todo o sentido. Ser santo, na vida Cristã, implica uma constante mudança no nosso ser, uma abdicação do nosso ego e uma demanda em ser melhor, em ser igual a Jesus Cristo. Ter o Filho de Deus como Senhor das nossas vidas, no comando da nossa vida. Acordar e viver a pensar em Deus, em espírito de Amor, Esperança e Fé no Criador. Com o deixar o Espírito de Deus operar em nós a mudança, num percurso de altos e baixos e com o olhar sempre fixo no objectivo - Jesus Cristo Senhor.

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Salmo 91 Reggae




Eu gosto particularmente desde Salmo, que fala da protecção de Deus na nossa vida. Desde da minha adolescência que ele me acompanha na memória. Recomendo vivamente, a sua leitura e meditação, a quem procura a Deus como sua rocha, fortaleza e refúgio.

Hillsong - All I need is You





Pessoalmente, esta música faz me sentir mais perto de Deus.

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

"Se não voltardes a ser como as criancinhas, não podereis entrar no Reino do Céu" - Mateus 18:3


" ... se alegrou Jesus no Espírito Santo e disse: Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, porque escondeste essas {coisas} aos sábios e inteligentes e as revelaste às criancinhas; assim é, ó Pai, porque assim te aprouve." Lucas 10:21

Hipocrisia

"Assim, também vós exteriormente pareceis justos aos homens, mas interiormente estais cheios de hipocrisia e de iniquidade." Mateus 23:28

Catedral de Louvor - As pés da Cruz

Hossana in the Highest ( Hosana nas Alturas)

A origem do espírito erróneo da humanidade

Há muito, muito tempo atrás, num planeta hoje intitulado de Terra, Elohim Deus, "O Grande Arquitecto", criou dois seres ( Adão e Eva) duma mesma espécie, que se completavam nas diferenças. Dotou-os da capacidade intelectual e cognitiva que lhe dava a supremacia sobe a face da Terra e sob toda a criatura que o rodeava. Estes haveriam de mudar a face do planeta, com o decorrer do tempo, de geração em geração. A humanidade nasce num acto de amor do Criador, numa acção harmónica. Uma "obra-prima" da criação acabava de nascer. Deus a amara tanto que lhe deu um paraíso para que ela o dominasse e florescesse em paz, harmonia, equilíbrio e amor. Uma única coisa lhe foi pedida, que não tocasse e tão pouco comece de um fruto. O que se passa a seguir, todos nós sabemos, a real natureza da humanidade viria a revelar-se. Uma natureza influenciável e erróneo.
Assim teve origem o pecado que afastou a humanidade do seu criador.

To be continued ...